Atualidades Redação

Qual a importância das atualidades para a redação?

A professora Jana Rabelo é especialista no assunto e bateu um papo com a gente sobre a missão de fazer atualidades e redação caminharem juntas - rumo à sua aprovação, claro!

Acessibilidade

Não é novidade dizer que um vestibulando precisa estar ligado no que acontece no mundo. Digamos, então, que as atualidades na redação têm seu lugar cativo e especial, seja no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e em qualquer outro vestibular.

As atualidades, normalmente, estão relacionadas à proposta sobre a qual o candidato deve escrever. Ou podem ser lembradas como exemplos que vão deixar o texto com mais credibilidade. Quer dizer, é uma ferramenta poderosa para enriquecer a redação com argumentos fortes e contextualizados.

Jana Rabelo: atualidades e redação caminham juntas

No Dia do vestibulando, a professora Jana Rabelo, que leciona Redação, Atualidades e Linguagens há 15 anos, deu algumas dicas para a prova do Enem, falando sobre competências, repertório sociocultural, correções, modelo pronto e outros assuntos.

Agora, ela volta para completar esse papo, e aborda os motivos por que não dá para se esquecer das atualidades ao estruturar sua redação:

Vestibulando e cidadão do mundo

Jana explica que é importante acompanhar as atualidades como cidadão. Isso porque, estar a par do que acontece no Brasil e nos outros países é o que contribui para se posicionar, se preparar para o futuro e participar do mundo real.

"Além disso, as atualidades podem aparecer direta ou indiretamente na prova de Ciências Humanas, da Natureza, de Linguagens e na redação. Quando você já conhece o assunto, isso facilita na hora de responder às questões. Elas ajudam até mesmo a desenvolver habilidades de interpretação de textos e contextos" (Jana Rabelo).

Repertório de redação

O conhecimento de atualidades, como a gente já viu, é um reforço cheio de potencial para as redações, principalmente nas propostas de dissertação, como pede o Enem.

"Em geral, nos mantemos informados por meio dos principais veículos informativos, como jornais, revistas, podcasts, portais, e essas mídias contam como área do conhecimento no Manual dos Corretores do Enem. Então, essas fontes são consideradas repertório sociocultural. Ou seja, podemos citá-las como fonte de dados ou acontecimentos, e quem corrige os textos também deve entender assim" (Jana Rabelo).

👉 Leia também:

Como as leituras da Fuvest ajudam no repertório da redação?

Exemplo de atualidades na redação

Mas quais tipos de atualidades poderiam cair na redação e como abordar esses acontecimentos? Jana citou um exemplo de tema contemporâneo para se trabalhar a partir de dados atuais:

⚠️ Ascensão do tabagismo entre os jovens brasileiros
"Imagino que os alunos tenham assistido a notícias, séries ou entrevistas que tratam sobre esse assunto. Então, cabe a ele lembrar de citar essas fontes, o conteúdo do produto midiático consumido e como isso se articula com a proposta de redação.

Há, por exemplo, um episódio da série Desserviço ao consumidor (da Netflix) que se chama A febre do vape. Ele mostra que a criação dos vapes e cigarros eletrônicos foi uma estratégia da indústria do tabaco ao perceber que o consumo da juventude diminuiu. Por isso, criou-se um produto mais tecnológico, que parecia mais saudável e supostamente mais limpo para atrair essas pessoas" (Jana Rabelo).

Na redação, então, ela diz que o aluno poderia escrever:

Em um dos episódios da série Desserviço ao consumidor, A febre dos vapes, mostra-se a elaboração intencional da indústria do tabaco de uma alternativa ao cigarro tradicional que fosse mais atraente para os jovens.

Dica para quem já acompanha atualidades

Se você já "fez a lição de casa" e é um verdadeiro consumidor de notícias, a professora Jana deu uma dica para potencializar esse hábito, visando o Enem e os vestibulares:

"É imprescindível que os alunos, ao lerem textos informativos, ouvirem podcasts ou assistirem a um vídeo no YouTube ou ao noticiário, se perguntem: como isso poderia aparecer na prova? Com qual conteúdo de Linguagens, Ciências da Natureza e de Humanas seria possível criar uma articulação? E ainda, em qual tema de redação eu conseguiria aproveitar esses dados ou esse posicionamento para conferir mais autoridade ao assunto?" (Jana Rabelo).

👉 Leia também:

Como estudar gramática, a competência 1 da redação do Enem?

Competência 3 da redação do Enem: como dominar a argumentação?

Como usar atualidades na redação

Até aqui, você conferiu um pouco sobre como atualidades e redação caminham juntas quando o assunto é vestibular. Mas, quem é assinante da plataforma do Aprova Total vai conseguir avançar ainda mais nessa discussão.

Dia 26 de agosto (sábado), às 10h, o professor Víctor (de atualidades) e a professora Jana (de redação) se juntam para o workshop Da atualidade ao texto: como usar atualidades na redação.

Eles vão abordar temas como ChatGPT e inteligência artificial, garimpo ilegal, racismo ambiental, LGBTQfobia e outros, demonstrando maneiras assertivas de combinar repertórios socioculturais para escrever um bom texto.

Quem não é aluno e quer acompanhar esse e outros encontros exclusivos, vem conhecer tudo o que a gente oferece 👇

banner jubilut

Baixe o e-book de atualidades do Aprova Total

Relacionar as notícias, o contexto dos acontecimentos e como eles impactam em nossas vidas são os passos para construir um bom repertório de atualidades.

Por isso, preparamos um e-book que pode ajudar você nessa missão. Confira!

TEMAS:

avatar
Carol Firmino

Editora e repórter do Aprova Total. Jornalista e doutora em Comunicação pela Unesp, escreve de tudo um pouco, mas hoje se dedica à área da educação. Tem passagens por UOL, B9, Nova Escola e Época Negócios.

Ver mais artigos de Carol Firmino >

Editora e repórter do Aprova Total. Jornalista e doutora em Comunicação pela Unesp, escreve de tudo um pouco, mas hoje se dedica à área da educação. Tem passagens por UOL, B9, Nova Escola e Época Negócios.

Ver mais artigos de Carol Firmino >

Compartilhe essa publicação:

Veja Também

Assine a newsletter do Aprova Total

Você receberá apenas nossos conteúdos. Não enviaremos spam nem comercializaremos os seus dados.