Cursos e Profissões

O curso de Educação Física é o ideal para você?

Descubra como são as disciplinas, o mercado de trabalho, os salários e fique por dentro de todas as possibilidades da área

Acessibilidade

A orientação profissional é importante para ajudar os estudantes a identificarem suas aptidões. Por exemplo, se o curso de Educação Física desperta seu interesse, entender como ele funciona, se informar sobre características específicas e o mercado de trabalho é essencial.

Inclusive, desde já, vale a pena explicar que essa graduação possui duas modalidades: bacharelado e licenciatura. A primeira é destinada àqueles que desejam trabalhar em academias, como personal trainer, por exemplo; a segunda é indicada para quem vai atuar como professor da Educação Básica.

Neste texto, então, vamos abordar os diversos aspectos da área, para responder se o curso de Educação Física é o que você procura.

Como é o curso de Educação Física?

Já pensou em transformar sua paixão por esportes em profissão? Como todos os cursos do Ensino Superior, o de Educação Física oferece uma combinação de teoria e prática, neste caso, preparando os alunos para trabalhar em diferentes áreas com foco no bem-estar corporal.

Nos primeiros anos, disciplinas como Anatomia, Fisiologia, Biomecânica e Psicologia do Esporte estabelecem o alicerce para entender como o corpo humano funciona, como ele se adapta ao exercício e quais são os princípios que regem o treinamento físico.

À medida que a graduação avança, a prática se torna parte fundamental do aprendizado. As aulas de Prática de Modalidades Esportivas, Metodologia do Treinamento e Prática de Ensino permitem que os alunos vivenciem diferentes esportes e modalidades, desde atletismo até esportes coletivos como futebol, basquete e vôlei.

É bacana destacar que o curso também enfatiza a importância da educação inclusiva e da promoção da saúde para todas as idades e condições físicas.

👉 Leia também:

Como é a faculdade e a carreira em Pedagogia?

Fisioterapia: como é o curso e a carreira

Quais são os interesses dos alunos de Educação Física?

Os alunos de Educação Física geralmente são bastante ligados a esporte, saúde e bem-estar. Eles gostam de atividades ao ar livre, competições esportivas e têm curiosidade em compreender o funcionamento do corpo humano e como melhorar o desempenho físico.

Muitos também gostam de nutrição e hábitos de vida saudáveis. Assim, buscam entender como a alimentação e outras práticas influenciam a saúde geral.

Engajamento em projetos sociais que utilizam o esporte como ferramenta para promover a inclusão, a educação e o desenvolvimento comunitário é outra característica desses estudantes.

banner teste vocacional

Maiores dificuldades encontradas pelos alunos

A carga horária do curso de Educação Física é bastante exigente, e os alunos precisam equilibrar atividades físicas intensas com estudos teóricos, o que pode ser desgastante e desafiador.

Segundo relatos dos próprios estudantes, essa combinação pode levar ao cansaço físico e mental, afetando o desempenho geral.

Em algumas instituições, a infraestrutura para a prática de exercícios pode ser inadequada ou insuficiente e prejudicar a qualidade do aprendizado prático. Por fim, outro ponto de dificuldade é que certos estágios exigem dedicação integral, o que acaba impactando a gestão de tempo dos alunos.

Transformações e novidades na profissão

Nos últimos anos, a profissão de Educação Física tem passado por diversas transformações e novidades, impulsionadas por avanços tecnológicos, mudanças na sociedade e novas abordagens científicas:

  • a popularização dos smartwatches e das pulseiras fitness permite o monitoramento contínuo de parâmetros de saúde como frequência cardíaca, passos e calorias queimadas. Com isso, profissionais de Educação Física podem utilizar esses dados para personalizar programas de treino e monitorar o progresso dos alunos;
  • os treinamentos funcionais, que focam em movimentos que simulam atividades cotidianas, ganharam popularidade por sua eficácia em melhorar a força e a mobilidade. Assim, cada vez mais educadores físicos estão adequando seus programas de treino pensando em atender às necessidades de uma população diversa;
  • reconhecendo a importância da saúde mental, muitos profissionais passaram a incorporar técnicas de mindfulness, yoga e meditação em suas aulas para combater o estresse e a ansiedade;
  • há uma demanda crescente para que graduados em Educação Física atuem como agentes de inclusão social, promovendo programas que incentivam a participação de todos os grupos demográficos, independentemente de idade, gênero ou condição física.

O que se aprende no curso de Educação Física?

Como já vimos, há duas principais modalidades para o curso de Educação Física - bacharelado e licenciatura. Vamos entender melhor cada uma delas a partir da grade curricular da Universidade de São Paulo (USP).

É importante explicar que, em alguns casos, como na própria USP, o ingresso é único. Ou seja, o aluno aprovado cumpre as disciplinas do núcleo comum e, depois, faz sua escolha entre bacharelado ou licenciatura, sendo que mérito acadêmico determina a prioridade no preenchimento das vagas.

Disciplinas do núcleo comum

Essas são as disciplinas que todos devem concluir:

  • Anatomia Geral
  • Fisiologia Humana
  • Bioquímica
  • Biomecânica
  • História da Educação Física e Esporte
  • Psicologia do Esporte
  • Sociologia do Esporte
  • Metodologia do Treinamento
  • Avaliação e Prescrição de Exercícios
  • Cinesiologia
  • Educação Física Adaptada
  • Fisiologia do Exercício
  • Primeiros Socorros
  • Estágio Supervisionado em Treinamento Esportivo
  • Estágio Supervisionado em Saúde
  • Teoria e Prática do Atletismo
  • Teoria e Prática do Basquetebol
  • Teoria e Prática do Futebol
  • Teoria e Prática da Ginástica
  • Teoria e Prática da Natação
  • Teoria e Prática do Voleibol

Bacharelado em Educação Física

Para os bacharéis, o foco é estar apto para atuar em ambientes variados, como academias, clubes esportivos, escolas, centros de reabilitação e no setor público de saúde:

  • Nutrição e Exercício
  • Esportes de Aventura
  • Musculação
  • Atividades Aquáticas para Grupos Especiais
  • Dança e Movimento
  • Artes Marciais e Esportes de Combate
  • Lazer e Recreação
  • Jogos e Brincadeiras
  • Treinamento Funcional
  • Atividades Físicas na Natureza
  • Análise de Desempenho Esportivo
  • Reabilitação e Condicionamento Físico

Licenciatura em Educação Física

Todas elas focam tanto em aspectos teóricos quanto práticos da Educação Física, preparando os alunos para atuar em diferentes contextos educacionais e comunitários:

  • Educação Física Adaptada
  • Esportes de Aventura
  • Lazer e Recreação
  • Jogos e Brincadeiras
  • Primeiros Socorros
  • Treinamento Funcional
  • Musculação e Condicionamento Físico
  • Atividades Aquáticas para Grupos Especiais
  • Dança e Movimento
  • Artes Marciais e Esportes de Combate

Perfil profissional do graduado no curso de Educação Física

Segundo o Conselho Federal de Educação Física, esse profissional deve ter habilidades para planejar, coordenar e executar atividades físicas e esportivas, além de promover a saúde das pessoas.

De fato, a promoção do bem-estar é um aspecto central do perfil dos educadores físicos, já que os exercícios se tornam uma ferramenta para prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida.

Ter conhecimento em Biomecânica, portanto, é importante, já que isso permite compreender as leis do movimento e suas aplicações para otimizar a performance física. Nesse contexto, os profissionais devem saber atuar com indivíduos que possuem condições crônicas ou estejam se recuperando de um trauma.

Na área de gestão e planejamento, por exemplo, é necessário demonstrar aptidão para administrar clubes, academias e outros espaços dedicados à prática esportiva, incluindo a organização de eventos esportivos

Como é o mercado de trabalho na área de Educação Física?

Essa é uma área abrangente e multidisciplinar, os graduados em Educação Física conseguem atuar em muitas frentes, como educação escolar, academias e clubes esportivos, saúde e reabilitação, consultoria e assessoria, e pesquisa e Ensino Superior, o que exige dinamismo e flexibilidade.

professora de educação física
Nas aulas de Educação Física, promove-se o desenvolvimento cognitivo, social e motor das crianças e adolescentes (Imagem: Adobe Stock)

Com a crescente valorização da inclusão, a Educação Física Adaptada tem ganhado destaque. Ou seja, são os profissionais que trabalham para melhorar a vida de pessoas com deficiência, adaptando atividades físicas para atender às necessidades específicas desse público.

Quanto ganha um profissional de Educação Física?

A diversificação das áreas de atuação e a busca contínua por especialização e atualização são essenciais para se destacar e construir uma carreira de sucesso.

Sabendo disso, entenda que o salário de um profissional de Educação Física pode variar bastante, dependendo de onde ele trabalha, da localização geográfica, da experiência e de outros fatores.

Os valores ficam entre R$ 1.500 a R$ 7.000 mensais, com possibilidades de ganhos maiores para personal trainers e proprietários de academias.

Principais dúvidas sobre o curso de Educação Física

Reunimos informações que qualquer aspirante a graduando em Educação Física precisa saber:

Quanto tempo dura o curso?

Tanto o bacharelado quanto a licenciatura em Educação Física têm uma duração média de 4 anos, mas são direcionados a diferentes áreas de atuação.

Tem TCC no curso de Educação Física?

Sim, a maioria dos cursos de Educação Física exige a elaboração de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para a obtenção do diploma.

Como funciona o estágio no curso de Educação Física?

No bacharelado, os estágios podem ocorrer em academias, clubes, hospitais e outros locais onde o profissional pode aplicar conhecimentos de atividade física e esporte.

Enquanto na licenciatura, o estágio supervisionado é realizado em escolas, focando na prática de ensino e na aplicação de métodos pedagógicos.

Qual o valor do curso nas universidades privadas?

As mensalidades, em média, ficam entre R$ 700,00 a R$ 2.500,00, mas é importante verificar as condições específicas de cada instituição. Veja exemplos:

  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR): R$ 2.531,35 (para ingressantes em 2024, tanto no bacharelado quanto na licenciatura)
  • Universidade Cruzeiro do Sul: R$ 749,00 (bacharelado)
  • Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU): R$ 1.182,00 (bacharelado)

Qual a nota de corte do SiSU para o curso de Educação Física?

Apenas o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (TO) oferece vagas no SiSU para o curso de Educação Física na modalidade licenciatura. Em ampla concorrência, a nota de corte da edição de 2024 foi 663,24.

Por outro lado, na modalidade bacharelado, há várias opções.

Confira as maiores notas de corte em ampla concorrência para o curso de Educação Física (bacharelado) no SiSU 2024:

InstituiçãoUFNota de corte
Universidade Federal de Mato Groso do Sul - UFMSMS746,14
Universidade Estadual do Norte do Paraná - UenpPR733,87
Universidade Federal de Santa Catarina - UFSCSC721,82
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJRJ716,83
Universidade Federal da Paraíba - UFPBPB708,88

Confira as menores notas de corte em ampla concorrência para o curso de Educação Física (bacharelado) no SiSU 2024:

InstituiçãoUFNota de corte
Universidade Federal de Jataí - UFJGO635,16
Universidade Estadual do Centro Oeste - UnicentroPR632,58
Universidade Federal de Alagoas - UFALAL629,5
Universidade Estadual do Paraná - UnesparPR608,22
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJMMG603,55

Concorrência para o curso de Educação Física em outras universidades

Veja relação candidato/vaga para alguns cursos de Educação Física (bacharelado e licenciatura) que não estão no SiSU:

InstituiçãoUFCandidato/vaga
Universidade de Campinas (Unicamp) - NoturnoSP14
Universidade de São Paulo (USP)SP7,3
Universidade Estadual de Londrina (Uel) - MatutinoPR6,8

Como passar no Enem e no vestibular para o curso de Educação Física?

Para fazer boas provas, de maneira confiante e inteligente, é essencial ter desenvolvido uma base nas disciplinas de Ciências da Natureza, que tendem a receber peso maior para o curso de Educação Física.

No entanto, isso vai depender bastante de quais instituições você vai tentar uma vaga. De maneira geral, ter uma programação de estudos com simulados, revisões, conteúdos divididos por incidência e materiais em múltiplos formatos vai ajudar muito nessa caminhada.

A plataforma do Aprova Total, entre muitas coisas, oferece mais de 4 mil videoaulas, do básico ao avançado, atendendo a todos os tipos de alunos. Vamos realizar juntos o seu sonho da universidade?

banner

Conclusão

O curso de Educação Física é uma excelente opção para quem ama esportes e deseja contribuir para a saúde e o bem-estar das pessoas.

Com um mercado de trabalho amplo e diversas áreas de atuação, essa área oferece inúmeras oportunidades, principalmente para quem está disposto a se dedicar e se especializar.

TEMAS:

avatar
Carol Firmino

Jornalista, mestra e doutora em Comunicação pela Unesp. É editora no blog do Aprova Total e está sempre antenada ao universo da educação, com foco no Enem e na preparação para os grandes vestibulares do país. Tem passagens por veículos como Nova Escola, B9, UOL e Época Negócios.

Ver mais artigos de Carol Firmino >

Jornalista, mestra e doutora em Comunicação pela Unesp. É editora no blog do Aprova Total e está sempre antenada ao universo da educação, com foco no Enem e na preparação para os grandes vestibulares do país. Tem passagens por veículos como Nova Escola, B9, UOL e Época Negócios.

Ver mais artigos de Carol Firmino >

Compartilhe essa publicação:

Veja Também

Assine a newsletter do Aprova Total

Você receberá apenas nossos conteúdos. Não enviaremos spam nem comercializaremos os seus dados.