Vida de Estudante

Quais são as 10 melhores universidades públicas de Medicina no Brasil?

Professores qualificados, boa infraestrutura, currículo atualizado e em diálogo com as demandas da área são alguns dos fatores que fazem um curso de Medicina ser bom. Conheça 10 instituições públicas que se destacam nesses quesitos

Acessibilidade

Quais são as melhores faculdades de Medicina no Brasil? Atualmente, há mais de 380 opções de cursos no país (e a tendência é aumentar), por isso é tão importante buscar respostas para essa pergunta.

A maior parte de novas vagas ofertadas anualmente está na rede privada (35,5 mil) e uma quantidade menor (12,2 mil) na rede pública, segundo os dados mais recentes do Censo da Educação Superior, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 2022.

O estudo ainda identificou que, em 2022, por volta de 245 mil pessoas estavam matriculadas em cursos de Medicina nas faculdades brasileiras.

Apesar dos números que indicam a popularidade da profissão no Brasil, muitos vestibulandos têm dúvidas sobre como fazer "a escolha certa" entre as melhores faculdades de Medicina. O fato é que a maior parte das escolas médicas 5 ou 4 estrelas estão no âmbito federal ou estadual, e nós vamos apresentá-las a seguir.

10 melhores faculdades públicas de Medicina no Brasil

Para listar as 10 melhores faculdades brasileiras e públicas de Medicina, utilizamos as seguintes bases de dados:

  • lista das 10 mais bem colocadas no Ranking Universitário Folha (RUF), da Folha de S. Paulo;
  • as universidades federais e estaduais consideradas 5 estrelas em Medicina pelo Guia da Faculdade do jornal O Estado de S. Paulo e Quero Educação;
  • e instituições com as maiores notas de corte no Sisu 2022/1 que também apareciam nos dois rankings.

Desse grupo, identificamos as que se repetem em pelo menos dois rankings. Assim, fizemos um perfil de cada uma das instituições, listadas a seguir por ordem alfabética. Confira:

1. Universidade de São Paulo (USP)

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em São Paulo
Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo (Imagem: Divulgação)

Com 110 anos de existência, a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo foi a primeira Escola de Medicina do Estado de São Paulo, fundada em dezembro de 1912. Em 1934, passou a integrar a USP.

Hoje, ela é um dos maiores centros médico-científicos do país. Possui 66 laboratórios, 230 grupos de pesquisas e uma média de 3.600 artigos científicos de impacto nacional e internacional publicados anualmente.

Entre seus maiores destaques está o Hospital das Clínicas, o maior complexo hospitalar da América Latina, um dos motivos que a coloca entre as melhores faculdades de Medicina do Brasil.

Nos últimos anos, a FMUSP tem se pautado pelos investimentos em inovação e internacionalização, ao mesmo tempo em que promove a inclusão. As cotas sociais e raciais representam 50% das vagas de Medicina na Fuvest. Além de São Paulo, a USP também oferece Medicina nos campi de Bauru e Ribeirão Preto.

17 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina no vestibular da USP 2024

2. Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, em Campinas
Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, em Campinas (Imagem: Divulgação)

Em maio de 2023, a Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp - que surge com o nome de Faculdade de Medicina de Campinas - completou sessenta anos de existência. Ela foi a primeira unidade da universidade, só fundada três anos depois, em 1966. 

Composta por treze departamentos, oferece cursos de graduação em Medicina e Fonoaudiologia. Seu complexo de Saúde inclui o Hospital de Clínicas e outros hospitais e centros especializados e ambulatórios que prestam serviços médicos para a população de Campinas e região, além de laboratórios e centros de pesquisa.

A Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp conta com 869 alunos de graduação e 2,5 mil alunos de pós-graduação. Reconhecida nacional e internacionalmente, já indicou por duas vezes concorrentes ao prêmio Nobel de Medicina.

5 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina no vestibular da Unicamp 2024

3. Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Faculdade de Medicina da Unesp, em Botucatu
Faculdade de Medicina da Unesp, em Botucatu, interior de São Paulo (Imagem: Reprodução)

A Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unesp) fica em Botucatu, interior de São Paulo, e já acumula quase 60 anos de história. De acordo com a instituição, o curso tem como objetivo “formar profissionais com senso crítico e conscientes de seu papel na sociedade”, especialmente centrados no compromisso social com o Sistema Único de Saúde (SUS).

No vestibular da Unesp, são oferecidas 90 vagas para Medicina em período integral, 50% delas destinadas a estudantes de escolas públicas, incluindo autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. 

Em 2019, o curso implementou uma nova estrutura curricular, priorizando a interdisciplinaridade na formação e a aproximação do aluno com a realidade da profissão.

Desde então, os estágios obrigatórios têm a duração de três anos e acontecem nos seguintes locais:

  • Hospital das Clínicas da Secretaria de Saúde de SP (Ambulatórios, Enfermarias, Unidades de Terapia intensiva e Pronto Socorro Referenciado);
  • Centro de Saúde Escola;
  • Unidades Básicas de Saúde e de Saúde de Família;
  • Pronto Socorro Pediátrico
  • Pronto Socorro Municipal da Secretaria Municipal de Saúde de Botucatu

6 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina no vestibular da Unesp 2024

Banner Extensivo Medicina

4. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 

Faculdade de Medicina da UFMG, em Belo Horizonte (MG)
Faculdade de Medicina da UFMG, em Belo Horizonte (Imagem: Reprodução)

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais nasceu em 1911 e é uma das mais antigas do Brasil. Recebe, anualmente, 320 novos alunos de Medicina – segundo a instituição, o maior número de ingressos, por ano, no país – além de 50 estudantes de Fonoaudiologia e 80 de Tecnologia em Radiologia.

No primeiro ciclo da graduação, os estudantes têm disciplinas sobre os fundamentos celulares e moleculares dos processos orgânicos e sobre campos de prática e de metodologia científica. A partir do quarto período, as aulas articulam teoria e prática, e a aprendizagem também acontece por meio do atendimento ao paciente.

Além da faculdade, as atividades acontecem nos ambulatórios do Hospital das Clínicas e nos centros de saúde da rede municipal. No 9º período, começam os estágios.

O curso tem foco nas nas áreas de Cirurgia, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Clínica Médica e Saúde Coletiva, e seleção dos alunos acontece por meio do SiSU.

16 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina na UFMG pelo 2024

5. Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Hospital das Clínicas da UFPR
Hospital das Clínicas da UFPR (Imagem: Reprodução)

O curso de Medicina da Universidade Federal do Paraná (UFPR) é um dos mais antigos do Brasil, e primeira turma de médicos se formou em 1919.

Segundo o site da UFPR, o currículo dessa graduação "é dinâmico em sua estrutura, sequenciado e integrado nas suas diferentes disciplinas", começando pelas disciplinas básicas e terminando com "embasamento teórico para a formação de um médico generalista, com conhecimentos gerais de clínica, ajustado à realidade de nossa sociedade".

Para disciplinas práticas supervisionada e estágios, o aluno tem acesso a três hospitais-escolas, além do contato com a população atendida pelo Sistema Único de Saúde, pelas Unidades de Saúde e pelos Centros de Especialidades Médicas de Urgência (CEMU).

Atualmente, o curso tem 1.100 alunos matriculados e o processo seletivo acontece por meio do SiSu.

430 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina no SiSU 2024

6. Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) 

Prédio de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco
Prédio de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (Imagem: Passarinho/Ascom/UFPE/Reprodução)

O curso de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que completou 10 anos em 2023, está vinculado ao Núcleo de Ciências da Vida, localizado em Caruaru (PE).

Segundo a universidade, sete pilares norteiam seu projeto pedagógico:

  • aprendizagem ativa
  • integralidade do ser humano
  • diversificação de ambientes e utilização de diversas técnicas pedagógicas
  • aprender fazendo
  • interdisciplinaridade
  • permanente aperfeiçoamento curricular
  • radical compromisso social. 

A graduação possui duração mínima de seis anos e confere o título de bacharel em Medicina. Na fase de internato, é possível escolher entre as seguintes áreas: Clínica Médica, Atenção Primária à Saúde, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Saúde Mental e Clínica Cirúrgica. 

As duas principais formas de ingresso da UFPE são o Sistema Seriado de Avaliação (SSA) e o SiSU.

9 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina na UFPE pelo SiSU 2024

👉 Leia também:

Como passar em Medicina? Veja 15 dicas para garantir uma vaga

Medicina no ProUni: veja as notas de corte e como ser aprovado

Banner SuperMED

7. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Faculdade de Medicina da UFRJ
Faculdade de Medicina da UFRJ (Imagem: Reprodução)

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é a segunda mais antiga do país. Foi criada em 1808 pelo príncipe regente D. João VI e já teve alunos ilustres, como o cirurgião Ivo Pintanguy. Segundo a instituição, o curso possui disciplinas que integram conteúdos de diversas áreas de conhecimento, priorizando os problemas médicos mais comuns da população. 

Nos três primeiros semestres do curso, o aluno se envolve com sete áreas obrigatórias:

  • Clínica Médica
  • Cirurgia
  • Pediatria
  • Ginecologia e Obstetrícia
  • Saúde Mental
  • Medicina de Família e Comunidade
  • Saúde Coletiva

Já no último semestre, ele opta por até duas dessas áreas para se dedicar com mais ênfase. O internato pode ser realizado na rede de atenção básica à saúde, em unidades do complexo hospitalar da UFRJ e em outras instituições que têm convênio com a universidade. 

Todo os anos, estão disponíveis 200 vagas (100 por semestre) e o SiSU é a principal forma de ingresso. A FM-UFRJ fica na Cidade Universitária, bairro da região administrativa da Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

12 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina na UFRJ pelo SiSU 2024

8. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) 

FAMED, a Faculdade de Medicina da UFRGS
FAMED, a Faculdade de Medicina da UFRGS (Imagem: Reprodução)

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) foi fundada em 1899 e está localizada em Porto Alegre (RS). O mesmo campus inclui o curso de Nutrição, outros 10 cursos de pós-graduação e mais três especializações.

Desde 1974, a UFRGS tem como hospital-escola o Hospital de Clínicas de Porto Alegre, onde os alunos podem realizar seus internatos em setores de emergências, ambulatórios, internação clínica e cirúrgica.

O curso está dividido em três etapas:

  • na primeira, o foco é estudar os fundamentos da Medicina e a organização dos serviços de saúde;
  • na segunda acontecem as atividades teórico-práticas, com treinamentos de métodos, diagnóstico, comunicação com o paciente e emergência, entre outras;
  • a última, que acontece a partir do 9º semestre e configura os estágios supervisionados, vem após o ciclo básico e o clínico.

A UFRGS tem o SiSU como uma das formas de ingresso, além de vestibular próprio.

8 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina na UFGRS 2024

9. Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Prédio da Escola Paulista de Medicina, fundada em 1933
Prédio da Escola Paulista de Medicina, fundada em 1933 (Imagem: Wikimedia Commons/Reprodução)

A Escola Paulista de Medicina nasceu por iniciativa de um grupo de cientistas e médicos em 1933 e, além da Medicina, conta com outras cinco graduações: Medicina, Biomedicina, Fonoaudiologia, Tecnologia Oftálmica, Tecnologia em Radiologia, Tecnologia em Informática em Saúde.

Segundo a Unifesp, o currículo do curso está estruturado em módulos temáticos, com diferentes disciplinas ministradas de forma integrada. A duração é de seis anos divididos em três ciclos: básico (1º e 2º anos), profissionalizante (3º e 4º anos) e internato (5º e 6º anos).

O vestibular da Unifesp é misto, ou seja, usa o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como primeira etapa de ingresso e, na segunda fase, aplica provas tradicionais.

9 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina na Unifesp 2024

10. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Fachada do Hospital Universitário de Santa Maria
Fachada do Hospital Universitário de Santa Maria (Imagem: Wikimedia Commons/Reprodução)

O curso de Medicina da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) fica no campus Camobi, um bairro da cidade. O regime letivo é semestral, em modalidade presencial e aulas diurnas.

As disciplinas fixas do currículo incluem:

  • Domínio de Formação em Medicina e Ciência
  • Domínio de Formação em Medicina e Humanismo
  • Domínio de Formação em Medicina e Necessidade de Saúde

O restante da estrutura curricular traz atividades complementares de extensão e outras disciplinas. Para se tornar aluno do curso de Medicina da UFSM, o candidato deve fazer o Enem e se inscrever no SiSU.

Mais de 500 alunos do Aprova Total foram aprovados em Medicina nos vestibulares de 2024

👉 Leia também:

Estudar para Medicina do zero é possível? Veja por onde começar

Medicina: como é o curso e a profissão

Banner

*Colaborou neste post Lisandra Matias, jornalista pela PUC-SP e bacharel em Ciências Sociais pela USP, atua na área de educação há mais de 20 anos.

TEMAS:

avatar
Carol Firmino

Jornalista, mestra e doutora em Comunicação pela Unesp. É editora no blog do Aprova Total e está sempre antenada ao universo da educação, com foco no Enem e na preparação para os grandes vestibulares do país. Tem passagens por veículos como Nova Escola, B9, UOL e Época Negócios.

Ver mais artigos de Carol Firmino >

Jornalista, mestra e doutora em Comunicação pela Unesp. É editora no blog do Aprova Total e está sempre antenada ao universo da educação, com foco no Enem e na preparação para os grandes vestibulares do país. Tem passagens por veículos como Nova Escola, B9, UOL e Época Negócios.

Ver mais artigos de Carol Firmino >

Compartilhe essa publicação:

Veja Também

Assine a newsletter do Aprova Total

Você receberá apenas nossos conteúdos. Não enviaremos spam nem comercializaremos os seus dados.