Biologia Vestibulares

Biologia na Uerj: veja os assuntos que mais caem

Fisiologia humana, bioquímica e ecologia são os assuntos mais cobrados no Vestibular da Uerj. Mas você sabe como são as questões? Confira os conteúdos mais frequentes das provas

Acessibilidade

E aí, estudante, já está preparado para enfrentar o vestibular da Universidade Estadual do Rio de Janeiro? Para dar uma ajudinha nos estudos, os professores do Aprova Total elaboraram um conteúdo especial sobre a disciplina de Biologia na Uerj.

Afinal, nada melhor do que focar no que realmente aparece nas avaliações, não é mesmo? Por isso, nosso time analisou os últimos 12 anos dos vestibulares para mostrar quais assuntos você deve priorizar. Vamos conferir?

O que mais cai em Biologia na Uerj?

A análise de edições anteriores do Aprova Total revela que os tópicos mais frequentes nas questões de Biologia na prova objetiva (primeira fase) do Vestibular da Uerj são:

  • Fisiologia humana (15,5%);
  • Bioquímica (13,2%);
  • Ecologia (11,6%);
  • Citologia (10,1%);
  • Evolução (7,8%).

Veja o gráfico abaixo com todos os temas que costumam aparecer na prova de Biologia da Uerj:

Gráfico de pizza dos assuntos que mais caem em Biologia na Uerj
(Imagem: Aprova Total)

A análise completa com outras disciplinas está disponível na plataforma do Aprova Total. Mas, para ajudar você a se preparar para a prova, analisamos os principais temas de Biologia nesta publicação. Confira!

1. Fisiologia humana

O tema fisiologia humana assume uma posição de destaque nas provas da Uerj. Ele é apresentado em questões que incluem ilustrações, esquemas ou gráficos para contextualizar o enunciado.

No campo da fisiologia humana, são abordados os processos internos essenciais que ocorrem no organismo humano, com análises sobre como eles impactam os sistemas e funções vitais.

Alguns tópicos frequentemente explorados incluem o sistema endócrino, o sistema digestório e o sistema circulatório.

Exemplo de questão de fisiologia humana na Uerj

(UERJ 2023) Fome no Brasil: número de brasileiros sem ter o que comer quase dobra em dois anos de pandemia

A fome avança cada vez mais rápido pelo Brasil. Um levantamento divulgado mostra que o país soma atualmente cerca de 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer diariamente, quase o dobro do contingente em situação de fome estimado em 2020. 

(Adaptado de g1.globo.com, 08/06/2022)

A ausência de nutrientes para a manutenção do organismo humano prejudica o funcionamento celular, gerando consequências para a saúde integral dos indivíduos.

Quando submetidas a longos períodos de desnutrição, as células passam pelo seguinte processo:

a) exocitose

b) autofagia

c) anabolismo

d) glicosilação

Resposta: [B]
Através da autofagia, as células decompõem e reutilizam seus elementos constituintes. Em períodos de escassez de nutrientes, esse mecanismo disponibiliza energia e blocos fundamentais para a regeneração das células e a subsistência do organismo (temporariamente).

2. Bioquímica

A bioquímica representa uma parcela significativa das questões, totalizando 13,2% das aparições nas provas do vestibular da Uerj. Isso, por sua vez, o diferencia de muitos outros vestibulares, que costumam dar menos destaque a esse campo da Biologia.

Dentro do vasto campo da bioquímica, a Uerj concentra grande parte de suas questões em dois tópicos principais: ácidos nucleicos e síntese proteica, bem como compostos orgânicos, incluindo carboidratos, lipídios, proteínas e vitaminas.

É essencial que os candidatos se dediquem a compreender profundamente os processos de transcrição e tradução, além de dominar a estrutura do DNA, pois esses são os pontos mais enfatizados nas questões.

Já os compostos orgânicos têm aparecido em diversas edições das provas. Portanto, é fundamental que os estudantes preparem-se de maneira abrangente, compreendendo suas estruturas, funções e interações no contexto dos sistemas biológicos.

Exemplo de questão de bioquímica na Uerj

(UERJ 2023) A ureia é produzida pelo organismo a partir da amônia, por meio de um conjunto de reações químicas conhecido como ciclo da ureia. Disfunções clínicas podem interferir diretamente nesse ciclo, comprometendo ainda mais a saúde dos indivíduos. Uma dessas disfunções é:

a) insuficiência pulmonar

b) apendicite aguda

c) baço aumentado

d) cirrose hepática

Resposta: [D]
A síntese da ureia ocorre no fígado. Portanto, distúrbios neste órgão, como a cirrose hepática, prejudicam a produção de ureia e têm um impacto adicional na condição de saúde da pessoa. Outras irregularidades não estão ligadas ao processo da ureia.

👉 Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre o vestibular da Uerj

banner perpétua

3. Ecologia

A ecologia se destaca como uma das vertentes mais significativas da Biologia e é consistentemente abordada em diversos exames, merecendo atenção especial neste contexto.

Ela representa cerca de 11,6% do conteúdo avaliativo de Biologia e, normalmente, exige a aplicação prática dos princípios fundamentais em situações do mundo real. Além disso, é fundamental notar que determinados tópicos têm se mostrado recorrentes ao longo dos anos.

Entre os principais assuntos estão os impactos ambientais, o fluxo de energia e os ciclos biogeoquímicos.

Exemplo de questão de ecologia na Uerj

(UERJ 2022) O porco-do-mato é um grande predador de cactos. Apesar de sua boca resistente, quando há muitas opções de alimento, esses animais naturalmente optam por consumir os cactos com menos espinhos, antes de passar a atacar as plantas mais espinhosas.

Considere uma população de cactos que, na presença de porcos-do-mato, passou pelas mudanças indicadas no gráfico abaixo.

A curva I representa o impacto da ação desses predadores nessa população de cactos, em um período inicial. A curva II representa esse impacto após longo período de tempo.

Gráfico da questão de Ecologia na Uerj

Com base nas informações do gráfico, a população de cactos passou por um processo de seleção natural do seguinte tipo:

a) estabilizadora

b) convergente

c) direcional

d) disruptiva

Resposta: [C]
O problema ilustra uma seleção direcional. Nesse padrão de seleção, um fenótipo específico é gradualmente substituído por outro que confere maior vantagem, como evidenciado pelo gráfico.

4. Citologia

Entre os assuntos que mais caem de Citologia na Uerj estão: citoplasma e organelas celulares, membrana plasmática e parede celular, e conceitos gerais de Citologia. Por isso, é bom estar bem informado sobre as funções e características de cada uma e os principais tipos de células.

Aliás, essa foi uma das surpresas de 2024, por ter sido muito abordada. Então, dê mais atenção para o estudo das estruturas celulares!

Exemplo de questão de citologia na Uerj

(UERJ 2024) Ao anoitecer, as células da retina envolvidas na percepção da luminosidade disparam sinais que estimulam a glândula pineal a produzir e secretar melatonina, hormônio responsável por preparar o organismo para o repouso. Por ser composta por uma porção hidrofílica e outra hidrofóbica, a melatonina penetra facilmente a membrana plasmática de diferentes tipos de células.

Essa facilidade de penetração da melatonina deve-se à composição da membrana plasmática, que contém moléculas dos seguintes tipos:

a) polares e apolares

b) covalentes e iônicas

c) positivas e negativas

d) redutoras e oxidantes

Resposta: [A]
A melatonina é uma molécula anfipática, o que significa que possui uma região hidrofílica, com afinidade pela água, sendo assim polar, e uma região hidrofóbica, sem afinidade pela água, sendo apolar. Esse mesmo padrão é observado na bicamada fosfolipídica da membrana plasmática, que também é anfipática, facilitando a passagem do hormônio melatonina.

5. Evolução

Compreender o processo evolutivo é de suma importância. A evolução corresponder à cerca de 7,8% do conteúdo das provas da Uerj. E para responder às perguntas, é necessário compreender as bases científicas, evidências, teorias e os aspectos específicos.

No vestibular, o conteúdo relacionado à evolução é subdividido em três tópicos fundamentais. Esses tópicos incluem evidências e Teorias Evolutivas (como as de Darwin e Lamarck), evolução dos primatas e a linhagem humana, além do processo de especiação.

👉 Leia também: Origem da vida: teoria, hipóteses e experimentos

Exemplo de questão de evolução na Uerj

(UERJ 2022) A ciência em si

Se toda coincidência
Tende a que se entenda
E toda lenda
Quer chegar aqui
A ciência não se aprende
A ciência apreende
A ciência em si
Se toda estrela cadente
Cai pra fazer sentido
E todo mito
Quer ter carne aqui
A ciência não se ensina
A ciência insemina
A ciência em si
Se o que se pode ver, ouvir, pegar, medir, pesar
Do avião a jato ao jabuti
Desperta o que ainda não, não se pôde pensar
Do sono eterno ao eterno devir
Como a órbita da Terra abraça o vácuo devagar
Para alcançar o que já estava aqui
Se a crença quer se materializar
Tanto quanto a experiência quer se abstrair
A ciência não avança
A ciência alcança
A ciência em si

Arnaldo Antunes e Gilberto Gil. Adaptado de fiocruz.br.

A letra da música aborda a ciência como uma forma de compreensão do mundo. Um dos campos de investigação conhecidos é a biologia, que, antes dispersa em diferentes áreas, unifica-se a partir do século XX.

Nessa trajetória histórica, as ideias de Darwin, as leis da hereditariedade de Mendel e as descobertas da genética consolidaram um conjunto de explicações que, no domínio da biologia, são caracterizadas como:

a) vitalistas

b) evolutivas

c) progressivas

d) transformistas

Resposta: [B]
Os conceitos desenvolvidos por Darwin, os princípios das leis de hereditariedade de Mendel e as revelações trazidas pela genética nos primeiros cinquenta anos do século XX uniram diversas esferas de pesquisa em um único âmbito investigativo, reconhecido como Biologia, dando origem ao que é conhecido como a teoria sintética da evolução.

Como resultado, as narrativas explanatórias da evolução passaram a ocupar uma posição central na construção desse campo do saber.

Habilidades exigidas na prova da UERJ

O vestibular espera que os candidatos apresentem as seguintes habilidades na prova de Biologia da Uerj:

  • conectar saberes de diferentes âmbitos do conteúdo do Ensino Médio, incluindo a integração interdisciplinar entre Biologia e outras esferas do conhecimento;
  • elucidar, examinar e estabelecer ligações entre conceitos elementares do conteúdo do Ensino Médio sobre Biologia;
  • ler, avaliar, interpretar e formular suposições lógicas, com um raciocínio consistente em relação aos acontecimentos e informações apresentadas;
  • criar, analisar e interpretar representações gráficas, tabelas e imagens dentro do contexto de experimentações científicas. Essa habilidade envolve relacionar a interpretação com o conhecimento específico do tema em discussão;
  • demonstrar uma postura crítica em relação aos materiais complementares divulgados por meio da mídia e meios de comunicação em massa, plataformas sociais ou websites na internet;
  • compreender que a ciência é um processo em constante progresso. Dessa forma, o entendimento científico está em contínuo desenvolvimento e interação com outras esferas do conhecimento.

Em síntese, o exame de Biologia da Uerj valoriza a interdisciplinaridade entre as áreas. Além disso, quase todas as perguntas exigem a compreensão dos temas e como eles se interligam com outros assuntos e com o mundo.

Os candidatos são desafiados a aplicar seus conhecimentos de forma contextualizada, promovendo uma avaliação mais abrangente de suas habilidades.

Quer estudar com quem mais entende do assunto? Conheça o Aprova Total e tenha acesso aos assuntos mais cobrados do vestibular da Uerj, videoaulas, monitoria com professores e muito mais!

Banner Estudar por Conta Própria

TEMAS:

avatar
Thais Wolmann

Colaboradora no blog do Aprova Total e bióloga em formação pela UFSC, Thais é apaixonada pela docência. Inspirada pela jornada acadêmica, usa seus conhecimentos para abordar a importância de se preparar para o Enem e os vestibulares, compartilhando experiências como estudante, além da visão de futura professora.

Ver mais artigos de Thais Wolmann >

Colaboradora no blog do Aprova Total e bióloga em formação pela UFSC, Thais é apaixonada pela docência. Inspirada pela jornada acadêmica, usa seus conhecimentos para abordar a importância de se preparar para o Enem e os vestibulares, compartilhando experiências como estudante, além da visão de futura professora.

Ver mais artigos de Thais Wolmann >

Compartilhe essa publicação:

Veja Também

Assine a newsletter do Aprova Total

Você receberá apenas nossos conteúdos. Não enviaremos spam nem comercializaremos os seus dados.